COMUNICADOS

28 May 2012

Revista de História da Arte nº11 «Lisboa: Arte e Património» Call for papers

.

O próximo número da Revista de História da Arte será dedicado ao tema "Lisboa: Arte e Património". Tendo a consciência do aumento exponencial da investigação na área dos estudos sobre Lisboa nas últimas décadas, impunha-se a organização de um número temático que procurasse recolher parte do fruto desses trabalhos mais recentes e, em simultâneo, permitir à comunidade científica nacional e internacional a publicação de novas
propostas teóricas e metodológicas no âmbito da História de Lisboa.

Esta iniciativa editorial pretende dar continuidade a uma tradição de estudos olisiponenses, começada por Júlio de Castilho, continuada por Augusto Vieira da Silva, Gustavo de Matos Sequeira e consagrada por Fernando Castelo Branco, Irisalva Moita e José-Augusto França entre outros. As variadas vertentes de abordagem que a História da cidade de Lisboa nos oferece remetem-nos para a inesgotabilidade do tema: da Antiguidade à época Contemporânea, os objectos de estudo multiplicam-se numa singular transversalidade. A antiga cidade medieval dialoga com a nova urbe pombalina, ao mesmo tempo que a cidade da Regeneração acolhe as novidades do Modernismo e da expansão e renovação urbanas
dos dias de hoje. A arquitectura civil e religiosa, plena de património integrado de elevado valor histórico e artístico, sem esquecer a evolução da imagem da cidade e o historial que a mesma encerra são factores de renovado interesse.

Os interessados em colaborar neste número da Revista de História da Arte são convidados a apresentar artigos originais, devendo centrar a discussão em temas e problemáticas como,
por exemplo:

1) Novos contributos para a História da Cidade: Arquitectura, Urbanismo e Patrimónios
2) História da Arte de Lisboa: Artistas, modelos e estudos de caso
3) Imagem e imagens de Lisboa: a evolução da iconografia da cidade – da iluminura ao
cinema
4) Para a história de Lisboa – reflexões em torno da Olisipografia

As propostas de textos devem ter um máximo de 500 palavras e incluir no cabeçalho a identificação do autor (nome, afiliação institucional e e-mail). Um pequeno curriculum vitae do autor (máximo 150 palavras) deverá ainda acompanhar o abstract. Os documentos podem ser submetidos em português, espanhol, francês ou inglês. Devem ser enviados como anexo de e-mail para estudosdelisboa@gmail.com até 31 de Julho de 2012.

As propostas seleccionadas terão na sua versão final um máximo de 5000 palavras,
respeitando as normas de edição da revista, disponíveis para consulta
aqui.

 Os artigos finais têm de se entregues até 30 de Novembro de 2012, seguindo-se um processo normal de arbitragem científica.

Coordenação:
Pedro Flor é professor auxiliar em História da Arte Moderna na Universidade Aberta emembro integrado do IHA, onde coordena a linha de investigação "Estudos sobre Lisboa".

.