Aprender com o Património

São objectivos do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, de acordo com a Lei Orgânica (Decreto-Lei nº 96/2007, de 29 de Março), promover a sensibilização e a divulgação de boas práticas para a defesa, valorização do património cultural arquitectónico e arqueológico, nomeadamente através da coordenação de acções educativas e de formação no âmbito da Educação para o Património.

A Educação para o Património é um processo activo, permanente e sistemático de trabalho educativo e pedagógico centrado no Património Cultural. De acordo com a actual abrangência do conceito de património, a Educação para o Património assume um âmbito de actuação cada vez mais amplo, mais integrado e mais transdisciplinar.

Assim, considerando a Educação para o Património como uma prioridade estratégica na sua missão de serviço público, o IGESPAR, IP, tem desenvolvido, desde a década de 1980, inúmeras iniciativas culturais e pedagógicas destinadas a todos os segmentos de público, com especial incidência no público infantil e juvenil, quer através da implementação de projectos a nível nacional, quer através da actividade dos Serviços Educativos nos seis monumentos afectos ao Instituto.

Os Serviços Educativos dos Serviços Dependentes do Igespar têm funcionado como pólos estratégicos de difusão do património, desenvolvendo uma vasta acção de promoção, divulgação e valorização, e assegurando a comunicação educativa do património edificado à escala local, regional, nacional e internacional. Apresentando uma oferta diversificada de actividades culturais e educativas , a programação dos Serviços Educativos procura tirar o melhor partido das potencialidades específicas de cada monumento tendo como objectivo proporcionar momentos especiais de lazer/prazer e de aprendizagem a diferentes tipos de público.

A oferta dos Serviços Educativos do Igespar é variada e atractiva, sendo a procura por parte do público elevada e em crescimento. Em 2008, o número de participantes em acções educativas foi de 318 914, em comparação com 211 814 em 2007.

Projectos em Curso

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

As Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia que envolve mais de 50 países, no âmbito da sensibilização dos povos europeus para a importância da salvaguarda do Património. Neste sentido, cada País elabora anualmente um programa de actividades a nível nacional, a realizar em Setembro, acessível ao público gratuitamente. A ideia base da iniciativa é promover o acesso aos monumentos e sítios, convidando à participação activa na descoberta de uma herança cultural comum, implicando o envolvimento dos cidadãos europeus com o património cultural. Os objectivos principais são reforçar os sentimentos de identidade cultural, de memória colectiva e de afirmação de um património comum cuja riqueza reside na sua diversidade. As Jornadas Europeias do Património representam, por isso, uma celebração da solidariedade internacional, do diálogo e da diversidade culturais, constituindo momentos de reapropriação dos vestígios culturais do passado.

Jornadas Europeias do Património

Entendendo o Património como um projecto de cidadania, o IGESPAR – Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico - (ex-IPPAR) tem procurado apelar à participação do público através da sensibilização para a importância da sua preservação, salvaguarda e valorização. Enquanto coordenador nacional das Jornadas Europeias do Património, apresenta anualmente um programa diversificado e apelativo de actividades culturais contando com a indispensável colaboração de agentes públicos e privados. O programa nacional de actividades expressa, todos os anos, de forma clara, os objectivos do Conselho da Europa, reflectindo, de igual modo, os conceitos subjacentes aos temas escolhidos pelo IGESPAR.
O programa é, normalmente, composto por actividades culturais de diversas tipologias – visitas guiadas e temáticas; espectáculos artísticos (música, dança, teatro, circo, teatro de marionetas/fantoches); exposições; animação de rua, recriações e encenações históricas; workshops, palestras, conferências, debates e seminários; sessões de leituras de contos, poesia e lendas; rotas patrimoniais, itinerários culturais, peddy papers e rally papers; ateliers lúdicos e oficinas pedagógicas; jogos tradicionais, de época e jogos de descoberta; feiras e festivais; lançamento de publicações; documentários, filmes.

Passatempo “Num instante... o património”

“Num instante... o património” é uma proposta de criação artística fotográfica, com o apoio da SAPO, no âmbito do projecto europeu “Experiência Fotográfica Internacional dos Monumentos” (EFIM) (link http://ihpe.mhcat.cat/esp/mhc.php). Consistiu num convite aos jovens de todo o país para o envolvimento com a riqueza da história e da paisagem cultural, com o passado e o presente através do registo fotográfico, tendo como fonte de inspiração um elemento patrimonial. Num convite à livre expressão da criatividade e da imaginação, propõe-se uma redescoberta do património em Portugal através da reprodução do preciso instante do contacto com a paisagem cultural. Trata-se de um passatempo desenvolvido exclusivamente através da internet. A primeira edição deste passatempo decorreu em 2008 e tem vindo a repetir-se todos os anos.

Concurso “a minha escola adopta um museu, um palácio, um monumento...”

Protocolo de colaboração entre IGESPAR, Instituto de Museus e Conservação e Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (Ministério da Educação) Com o objectivo de proporcionar às escolas e ás instituições com responsabilidade ao nível do património uma oportunidade de desenvolverem formas de cooperação estabeleceu-se uma parceria entre o Ministério da Cultura e o Ministério da Educação, formalizada através da celebração de um protocolo entre a Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC), o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR) e o Instituto de Museus e Conservação (IMC). O IGESPAR associou-se, ao concurso escolar “a minha escola adopta um museu, um palácio, um monumento...”, uma iniciativa promovida conjuntamente com a Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC) do Ministério da Educação, e o Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) do Ministério da Cultura.
Este Concurso teve por objectivo estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial do nosso País, dinamizando o contacto das escolas com os museus e os monumentos, procurando sensibilizar os públicos mais jovens para o conhecimento, a conservação e valorização do património cultural. O concurso consistiu na elaboração de trabalhos criativos a partir de museus do IMC e da RPM e de monumentos tutelados pelo IGESPAR.

Projectos Anteriores

Domingos das 10 às 13. Em família… nos museus e no património

Procurando valorizar as actividades dos serviços educativos dos museus e monumentos dependentes do Ministério da Cultura, através do Instituto dos Museus e da Conservação, IP (IMC) e do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR), o projecto “Em família… nos museus e no património” propõe o desenvolvimento de actividades de fim-de-semana dirigidas às crianças e jovens, pretendo-se envolver os núcleos familiares no usufruto de um conjunto de ofertas de actividades nos Museus e Património. Pela sua importância histórica, documental e museológica, este programa vai envolver alguns dos mais reconhecidos museus, palácios e monumentos no território nacional.

Ciência e Património

Ciência e Património é uma iniciativa que resulta de uma colaboração entre a Ciência Viva e o IGESPAR e que visa dar a conhecer a importância da ciência para a criação e conservação do património, através de um programa nacional de visitas a sítios e monumentos. Investigadores e especialistas em Património marcam encontro com o público em Monumentos e Sítios, conduzindo-os numa viagem através dos séculos da história e da actualidade da Ciência. As visitas decorrem essencialmente ao fim-de-semana, durante os meses de Maio e Junho.
A participação é gratuita.

Concurso “Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo – Património da Humanidade”

Organizado pela “New 7 Wonders Portugal” em parceria com a Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação e com o IGESPAR, teve como objectivo promover o conhecimento sobre o legado patrimonial português no mundo. Tratou-se de promover o conhecimento do património de origem portuguesa através de um programa de comunicação e de divulgação (Net, rádio e Televisão) dirigido ao público escolar dos quatro ciclos de ensino de todo o país (Básico e Secundário).

Concurso “Olh’as Maravilhas”

“Olh’As Maravilhas” foi um concurso de expressão artística infanto-juvenil promovido conjuntamente pelo Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR), pelo Instituto das Artes (IA) e pela New Seven Wonders Portugal S.A., com o patrocínio exclusivo do MODELO, em 2007. Concurso de âmbito nacional, destinou-se a um público com idades compreendidas entre os 4 e os 14 anos e teve como principal objectivo estimular a curiosidade e o interesse dos mais novos pelo Património Cultural português, encarado numa perspectiva abrangente e alargada ao território envolvente dos monumentos